Volks apresenta versão de rali do novo Polo
14 de dezembro de 2017 – 14:48 | Comentários desativados

A Volkswagen revelou junto com a nova geração do Polo GTI (que não vem para o Brasil) a versão de rali que correrá na categoria R5 do WRC 2 (segmento intermediário do Campeonato Mundial de …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » F1

Adeus reforça respeito dos rivais e faz Massa ser reverenciado pela F-1

Submitted by on 11 de novembro de 2016 – 9:49No Comment

despedida 615x300

 

“Esse é o fim de semana dele”.

O tetracampeão mundial Sebastian Vettel não estava falando de Nico Rosberg, que está a uma vitória de vencer a Fórmula 1 em 2016. Nem de Lewis Hamilton, atual bicampeão que ainda está na briga. O GP do Brasil é, para o alemão, o fim de semana de Felipe Massa. Na última vez em que correrá em casa antes da aposentadoria, o brasileiro é reverenciado pela maior categoria do automobilismo.

Felipe ouviu a frase de Vettel de perto. Esteve ao lado de cinco dos seis primeiros colocados do campeonato na coletiva de imprensa organizada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Sua simples presença ali era uma homenagem. A uma rodada de deixar a categoria após 14 temporadas, ele ouviu de perto alguns de seus rivais lhe rasgarem elogios.

“Foi incrível guiar ao lado do Felipe e contra ele. Nós tivemos grandes momentos”, disse Lewis Hamilton, que roubou o título de Massa em 2008 na última curva de Interlagos. “Muitos querem ter a carreira que ele teve. Passar tantos anos na Fórmula 1 e poder brigar por quatro campeonatos mundiais”, disse Max Verstappen. “Não há dúvida de que ele é um dos mais talentosos do grid”, completou Vettel.

A corrida em si é a última parada de um tour de despedida que se desenhou a partir de setembro, quando Massa anunciou sua aposentadoria. Desde o começo da semana, ele tem comparecido a programas de TV e concedido entrevistas para falar sobre a carreira. Também separou mais tempo para patrocinadores, em eventos que também celebraram seus feitos à exaustão.

“Ele ainda é muito rápido”

Na última quinta, primeiro dia oficial dos pilotos em Interlagos, foi a vez da Fórmula 1 fazer sua parte. Além da coletiva de imprensa, em que todos os presentes foram instados a falar sobre a importância e os feitos do brasileiro, perguntas sobre Massa se espalharam pelo paddock. Praticamente todo mundo que enfrentou um microfone aproveitou a deixa para homenagear Massa.

“Ele tem muita experiência, sabe como resolver os problemas de acerto que vão aparecendo e já esteve várias vezes em cada uma das pistas. Como pilotou vários carros e resolveu vários tipos de problemas, ele tem uma boa ideia do que deve ser feito. Ele já deu tantas voltas em cada pista que conhece todas as linhas de todas as curvas, então observando as linhas dele é possível ganhar tempo”, disse Valtteri Bottas, companheiro de Massa nos últimos três anos.

“Ele era ótimo. Nos anos em que estivemos juntos ele tinha uma ótima velocidade e era muito forte. Teve seus momentos difíceis na Fórmula 1, mas ele ainda é muito rápido”, disse Kimi Raikkonen, companheiro de equipe de Massa nos melhores momentos da carreira do brasileiro, entre 2007 e 2009.

Felipe avisou os jornalistas que será um fim de semana de “surpresas”. A primeira foi revelada à tarde, quando a Williams mostrou a pintura do carro do brasileiro. Patrocinadora da escuderia, a fabricante de bebidas Martini tirou seu nome da lataria para estampar “Massa”, em homenagem ao brasileiro.

A festa para Massa deve ser ainda maior no domingo. A expectativa é de que o público em Interlagos seja bastante receptivo a ele na parada dos pilotos, o desfile tradicional que acontece antes das provas e serve para saudar as estrelas da festa. Quando a luz verde surgir, ele promete correr como sempre. O problema será a volta final.

“Antes de entrar no carro, espero sentir a energia da torcida, que fica bem perto. E também a última volta será especial: vou fazer devagar, olhando para a arquibancada e sentindo todo o carinho dos torcedores, agradecendo toda a torcida que tive por tantos anos em um lugar tão especial para mim, que é como o quintal de casa”, disse Massa.

TEXTO: Gustavo Franceschini e Julianne Cerasoli
FONTE: Uol.com

Comments are closed.