Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 Рsó ele quer ter grade de radiador
13 de setembro de 2019 Р14:45 | Comentários desativados em Conheça o BMW concept 4, o protótipo que antecipa o série 4 Рsó ele quer ter grade de radiador

Estande da BMW no Sal√£o de Frankfurt d√° spoilers sobre as novas gera√ß√Ķes do S√©rie 4, al√©m de novidades para o nicho dos SUV-cup√™ e um novo carro el√©trico.
Uma das atra√ß√Ķes da BMW¬† no Sal√£o …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Curiosidades

ACELERAMOS O NOVO NISSAN GT-R EM SPA-FRANCORCHAMPS!

Submitted by on 22 de setembro de 2016 – 16:39No Comment

gtr_10-psd

Godzilla passa por sua primeira reestilização perto de completar dez anos. E as mudanças vão além do estilo: ele nunca esteve tão feroz. Nós fomos provocar o GT-R no circuito de Spa-Francorchamps

Estou em Spa-Francorchamps. √Č minha primeira vez no asfalto desse cl√°ssico circuito europeu. Cumpro seus 7 km de extens√£o e 19 curvas um pouco tenso. N√£o √© s√≥ a pista que intimida. Ao volante do monstruoso GT-R, tenho que domar os 572 cv entregues sem hesita√ß√£o pelo V6 3.8 que urra sob o cap√ī.

J√° na segunda volta ganho confian√ßa. Come√ßo a instigar o Godzilla e ele responde √† altura. Ou melhor, deixa bem claro quem manda ‚Äď n√£o sou eu. Minha sensa√ß√£o √© d√ļbia: sou um superpiloto an√īnimo? Um passageiro?

Sinto-me tomado por um talento oculto na arte da pilotagem. Aponto em dire√ß√£o √† lend√°ria curva Eau Rouge a 170 km/h, meio canhestro, e ataco o pedal de freios como um brucutu. O GT-R avan√ßa √† esquerda e faz a guinada para a perna direita do tra√ßado. √Č um lorde. Parece estar preso ao ch√£o por trilhos. Nenhuma reclama√ß√£o dos pneus, nenhum sinal de desequil√≠brio na carroceria, nada de corre√ß√Ķes ao volante. Meu carona ao lado poderia estar colocando lentes de contato, se quisesse.

Fui eu que fiz isso? Ou fui amparado pelo sistema eletr√īnico de gerenciamento da suspens√£o com amortecedores Bilstein? Esse recurso tem tr√™s posi√ß√Ķes de ajuste (Normal, Comfort ou R), que regulam a press√£o dos amortecedores, alternando entre conforto ou esportividade.

O modo R, mais legal de todos, abusa da rigidez estrutural do cup√™ ‚Äď atributo que, segundo a Nissan, teve a capacidade de deforma√ß√£o diagonal refor√ßada em 6,3%. Isso aumentou a velocidade em provas de slalom sem a necessidade de trocar os pneus, de acordo com a marca.

J√° as mudan√ßas de estilo n√£o serviram s√≥ para atualizar o visual. De fato, as novas linhas deixaram o GT-R ainda mais agressivo. Por√©m, as altera√ß√Ķes foram promovidas para atender a novos requisitos. O motor, por exemplo, recebeu um incremento de 20 cv (gerava 552 cv). A pot√™ncia maior passou a exigir mais do sistema de arrefecimento. E em vez de comprometer o peso do carro com mais l√≠quido, a Nissan aumentou a grade do radiador em 20%.

Essa medida, por√©m, poderia prejudicar a aerodin√Ęmica (e o coeficiente de meros 0,26). Ent√£o, o superesportivo teve os spoilers revisados, inclusive nas laterais e traseira, para suavizar o fluxo de ar. At√© os dois ressaltos longitudinais no cap√ī servem para aumentar a press√£o aerodin√Ęmica na dianteira ‚Äď al√©m de dar um toque a mais √† nova grade em V.

Por fim, repare na esquina da lateral com os para-choques de trás. Você verá um ressalto, como se a lataria ultrapassasse a traseira. Isso serviu para reduzir a turbulência de ar em altas velocidades. Na prática, o motorista não percebe que está mais rápido do que deveria.

Em uma autobahn (estrada alem√£ sem restri√ß√Ķes de velocidade), pude manter uma conversa em tom normal a 160 km/h. N√£o h√° oscila√ß√Ķes de estabilidade mesmo a 250 km/h ‚Äď o m√°ximo que atingi durante esta avalia√ß√£o.

Hiroshi Tamura, chefe de produto da Nissan, faz uma promessa ousada: ‚ÄúO GT-R pode levar qualquer motorista comum a um passeio pelo shopping ou se aventurar a 320 km/h com seguran√ßa‚ÄĚ. De fato, o esportivo japon√™s transmite tamanha sensa√ß√£o de solidez em altas velocidades.

E também poderia ir às compras: o porta-malas comporta 315 litros Рmais do que o Jeep Renegade.

Foco em conforto

O interior foi revisado e simplificado: os 27 bot√Ķes do painel foram substitu√≠dos por 11. E nenhuma fun√ß√£o foi subtra√≠da. GPS, multim√≠dia e controles esportivos s√£o f√°ceis de entender ‚Äď at√© ent√£o era quase imposs√≠vel decifr√°-los sem o manual.

Como opcional, a cabine pode vir forrada de couro. Mas a fibra de carbono no console √© de s√©rie. A dire√ß√£o oferece ajustes milim√©tricos de altura e profundidade com comandos independentes. Na linha 2017, outra novidade √© a mudan√ßa das borboletas atr√°s do volante. Agora as aletas est√£o presas √† dire√ß√£o e acompanham as m√£os em curvas ‚Äď antes eram fixas na coluna.

O acabamento √© impec√°vel ‚Äď h√° couro acolchoado no painel, na forra√ß√£o das portas, na coluna do para- brisa e at√© na moldura da tela touchscreen. Mas d√° para reconhecer algumas pe√ßas compartilhadas com modelos menos sofisticados, como a chave igual √† de Sentra ou Altima.

Lembra o papo de conversa em tom baixo a 160 km/h? √Č fruto de um tratamento de som caprichado, com para-brisa ac√ļstico, espumas de alta densidade no painel e material fonoabsorvente nas portas e na parte traseira da cabine.

Mas o trunfo vem da tecnologia: um sistema chamado Active Noise Cancellation. Ou cancelamento ativo de ru√≠dos. Microfones captam sons inoportunos e um processador gera outros sons na mesma amplitude para anular o inc√īmodo. A Nissan diz que a eletr√īnica elimina at√© 10 dB do barulho externo. E d√° uma for√ßa ao sinf√īnico V6 ‚Äď sim, parte dos sons que contagiam os ocupantes vem de alto-falantes.

Mas isso √© um detalhe. A parte mais divertida √© sair da pista se achando um piloto tarimbado. Talento puro. Nada a ver com a forcinha do propulsor biturbo, da tra√ß√£o integral, transmiss√£o de dupla embreagem, freios Brembo de seis pist√Ķes ou do controle de estabilidade no modo Race.

VEREDICTO

Godzilla, Lenda, n√£o importa o apelido: o GT-R faz jus √† fama. √Č um dos melhores carros j√° criados pela humanidade. E √© mais barato que os rivais em outros mercados. Falta saber quanto custar√° no Brasil.

TEXTO: Ulisses Cavalcante
FONTE: Quatro Rodas

Comments are closed.