Conheça a moto feita ‘quase completamente’ por uma impressora 3D
7 de dezembro de 2018 – 12:19 | Comentários desativados em Conheça a moto feita ‘quase completamente’ por uma impressora 3D

Chamada de Nera, a motocicleta tem chassi, carenagens e até pneus feitos pelo sistema. Apenas motor e parte elétrica são produzidos de maneira convencional.
A ideia de criar diversos objetos com o uso de uma impressora …

Ler post completo »
Curiosidades

F1

Mercado

Motos

Novidades

Home » Dicas

10 Dicas Para Uma Incrível Viagem Pela Rota 66

Submitted by on 10 de outubro de 2018 – 18:35No Comment

ROTA 66

Antes de realizar o sonho de fazer uma viagem pela Rota 66 de ponta a ponta, é preciso saber o que você vai encontrar pela frente. Portanto, para a aventura ficar ainda mais incrível, nada melhor do que encontrar essas informações em um único lugar.

Por isso, disponibilizamos neste post 10 dicas para que o planejamento e a execução desse roteiro aconteçam de forma espetacular. Depois disso, é só colocar o pé na estrada e aproveitar! Confira:

1. Vá com calma

A U.S. Route 66 é uma rodovia dos Estados Unidos inaugurada ainda na década de 20, mais precisamente em 1926. Ela tem quase 4 mil km de extensão e atravessa oito estados: Illinois, Missouri, Kansas, Oklahoma, Texas, Novo México, Arizona e Califórnia.

Ao percorrê-la, você vai se deparar com diversas culturas norte-americanas, desde a tradicional indígena até toda a contemporaneidade dos moradores das praias do pacífico. Portanto, você vai precisar de tempo para visitar esses locais imperdíveis e ter a melhor experiência. Em média, 15 dias são suficientes para conhecer alguns cantinhos indispensáveis. Programe, no mínimo, essa quantidade de tempo.

As formas mais tradicionais de cair na estrada são de carro e em excursões que oferecem o passeio. Outra maneira é ir de moto, o que exigirá um preparo maior, principalmente em relação aos acessórios de segurança e bem-estar.

2. Curta Chicago

Bem no começo da Rota 66, no sentido Illinois – Los Angeles, Chicago é a primeira parada obrigatória. Terra do jazz e do blues, a cidade conta com a beleza do lago Michigan, que serve de pano de fundo para parques, pubs, museus e o maior prédio do país, a Willis Tower.

Detalhe para o clima do local: Chicago é conhecida como ‘Wind City’, por isso não esqueça de colocar na mala roupas e acessórios adequados para se proteger do vento cortante da região.

3. Visite monumentos em Missouri

A cidade de St. Louis também é famosa pela cultura musical. Antes de assistir a um show memorável ao vivo, visite dois monumentos:

Chain of Rocks Bridge: uma ponte que fica a 60 metros acima do rio Mississippi e que já foi parte importante da Rota 66. Atualmente, ela está desativada para passagens de veículos, mas continua sendo um símbolo do trajeto

Gateway Arch ou Gateway to the West: é um arco memorial que homenageia o oeste americano. À noite, o monumento fica especialmente bonito ao receber uma iluminação especial que dá destaque à sua forma.

4. Durma no primeiro motel do mundo

Ao menos é o que diz a lenda: foi na Rota 66 que surgiu o primeiro motel do planeta. Em homenagem a isso, o Munger Moss Hotel, em Lebanon, no Missouri, oferece acomodações ao estilo mais clássico. Vale a experiência!

5. Grafite carros no Texas

Calma, não estamos lhe incentivando a cometer nenhuma infração na terra do Tio Sam! É que em Amarillo, no Texas, fica o Cadillac Ranch, uma instalação artística do grupo Ant Farm que conta com 10 Cadillacs enterrados no chão. O local é muito visitado e os turistas têm o costume de grafitar as latarias. Uma ótima forma de deixar o seu registro nesse lugar tão inusitado.

6. Voe no Novo México

Ao chegar no Novo México, você já estará com quase metade da viagem pela Rota 66 percorrida. A capital do estado, Santa Fé, tem uma cultura indígena muito forte.

Nela, você pode trocar a terra pelo ar e fazer um passeio de balão fabuloso. Depois disso, escolha visitar alguns das dezenas de museus e galerias de arte da região dedicadas às culturas indígena e country, aos colonizadores e a inúmeros artistas locais.

Tantas atividades exigirão ao menos um pernoite na cidade. E, se isso acontecer, o histórico El Rancho Hotel, que foi o lar de estrelas do cinema nos anos 30 e 40, é uma das melhores opções.

7. Hospede-se em uma “toca”

No Arizona, você vai conferir alguns atrativos imperdíveis. É o caso do Deserto Pintado, que faz parte do Petrified Forest National Park.

O Parque Nacional da Floresta Petrificada conta a história natural de mais de 200 milhões de anos com inúmeros sítios arqueológicos e exemplares de fósseis do período triássico.

Ao voltar para a Rota 66, hospede-se no Wigwam Motel, em Holbrook, cujas dependências são em formato de tocas de índio. Uma genuína homenagem à raiz americana.

8. Visite o Grand Canyon

Um dos pontos altos de uma viagem pela Rota 66, sem dúvidas, é a visita ao Grand Canyon. Em Laughin, no estado de Nevada, penúltimo cortado pelo roteiro, o Parque Nacional do Grand Canyon é um paraíso do ecoturismo. Possui 446 km de comprimento e, em alguns trechos, chega a possuir 29 km de largura por 1,8 km de profundidade.

A formação geológica data de 2 milhões de anos atrás e é cortada pelo rio Colorado. Impossível não se impressionar.

9. Divirta-se em Las Vegas

Vegas não poderia faltar nesse roteiro pela ‘Mãe das Estradas’, como também é conhecida a Rota, e nem é preciso explicar a fundo os motivos: depois de percorrer milhares de quilômetros, você poderá se esbaldar nos cassinos, shows e espetáculos de um dos maiores centros de entretenimento do mundo. Precisa dizer mais?

10. Mergulhe na Califórnia

Enfim, o Pacífico! O último estado da Rota 66 tem diversas opções de paradas para fechar com chave de ouro a sua round trip. Para começar, você pode conhecer San Francisco e visitar a Golden Gate, símbolo maior de uma das cidades mais livres do mundo.

É chegada a hora de colocar a bermuda, o boné e conhecer o município de San Diego, que também tem cartões-postais de tirar o fôlego. Dois são especiais:

Sunset Cliffs: reduto de surfistas, o parque em questão oferece uma vista maravilhosa de toda a costa de San Diego, e um por do sol para guardar na memória para sempre.
La Jolla Beach: o espírito californiano realmente fez morada nesse pedacinho de paraíso. Essa praia possui hotéis e restaurantes muito concorridos e uma tranquilidade que vai fazer você querer ficar mais tempo por lá.
Por fim, ainda na Califórnia, a praia de Santa Monica, em Los Angeles, é um grande centro de lazer, com inúmeros shows gratuitos e mais de 100 museus. Um ótimo destino para finalizar a sua aventura.

Uma viagem pela Rota 66 é capaz de revelar quase 100 anos de história. Essa estrada lendária possui muitas outras paradas, além das citadas neste artigo. São dezenas de lanchonetes, letreiros em neon, sebos e lojinhas de artesanato típico que tornarão a sua trip ainda mais emocionante.

Texto: Redação

Fonte: Blog Solo

Portal Rodão

Comments are closed.